martes, 26 de octubre de 2010

Nunca tantos deveram tanto a tão poucos

O título é uma frase famosa, portadora de carga semântica extremamente emotiva e forte, emitida pelo 1° Ministro britânico Winston Churchil, exaltando o ato heróico dos pilotos da RAF que, com seus poucamente numerosos Spitfires e Hurricanes, digladiaram com os ME 109 da Luftwaffe pelos céus da Grã-Bretanha, estando em proporção bem diminuta em relação à Força Aérea Alemã, isto lá pelos idos de 39, 40, 41, em plena II Guerra Mundial.

3 comentarios:

Profª Ludmila Pena Fuzzi dijo...

Quero convidar você para concorrer na Seleção de Melhores Blogs de Cultura do Instituto de Pesquisa Histórica Regional (IPHR). Haverá uma premiação, sou presidente. Em nossa página: www.iphrpesquisa.blogspot.com vc encontrará maiores informações.

Sou uma apaixonada pela historiografia das guerras, principalmente Segunda Guerra Mundial e Revolução de 32 e ambas apresentam cartazes muito interessantes. Comprei a coleção da Aventuras na história e tem cada cartaz muito interessante, conhece?

Helio José dijo...

Professora Ludmila boa tarde ! Qual seu blog atual ??

guiuzera dijo...

ola sabes me dizer alguem que venda esses cartazes originais? mu email gsandri14@hotmail.com